Resenha: Apoio do governador da Lunda Sul à massificação do desporto constitui destaque

Segunda, 09 Outubro 2017 07:09

Luanda - O anúncio do governador da Lunda Sul, Ernesto Kiteculo, de que vai apoiar a massificação do desporto na região, bem como contribuir para a permanência do Progresso local no Campeonato Nacional de Futebol da I Divisão constitui destaque das matérias desportivas divulgadas ao longo da semana finda.

Segundo o governador, que discursava na cerimónia de sua apresentação como governador da Lunda Sul, o desporto congrega todas as etnias, povos, línguas e sensibilidades, daí a necessidade de se prestar atenção especial a este sector, com a implementação de políticas e projectos que visam a sua massificação.

Por sua vez, o presidente da Federação Angolana de Futebol (FAF), Artur Almeida e Silva, anunciou que estão em conversações com o patrocinador oficial do Campeonato Nacional de Futebol da primeira divisão (Girabola), a operadora ZAP, para rever as formas de distribuição dos valores atribuídos aos clubes, cujos moldes actuais, que privilegia os "grandes", considera "injustos".

Falando aos jornalistas no Lubango, onde esteve em trabalho, admitiu que o modelo actual de distribuição “não é o melhor”, por isso abordou já o assunto com a ZAP, que patrocina o campeonato.

“São situações que nós encontramos, mas herdamos o passivo e o activo da FAF e assumimos essa responsabilidade”, frisou.

Foi igualmente noticiado que o técnico do Sporting Clube de Portugal, Jorge Jesus, tem vindo a preparar o jovem avançado angolano Gelson Dala e agora com a lesão de Doumbia, que irá parar durante três semanas, o jogador poderá ganhar minutos na equipa.

A lesão de Doumbia é mais grave do que inicialmente era esperado e o técnico apenas conta com um avançado, de raiz, às suas ordens, o goleador Bas Dost.

Gelson Dala tem estado em destaque na equipa B, onde na última jornada assinou um hat trick, que não escapou ao olhar atento de Jorge Jesus.

Por outro lado, a selecção nacional de pesca desportiva, que conquistou recentemente o campeonato do mundo,  disputado na Albufeira, em Portugal, foi homenageada sexta-feira no Clube Náutico da Ilha de Luanda (CNIL).

Para conquistar o troféu, o quarto na galeria nacional, os angolanos somaram 195 pontos, mais 45 do que os anfitriões (Portugal B), que ficaram na segunda posição.

Participam da prova 13 países, designadamente Portugal (anfitrião), Angola, Alemanha, Austrália, Brasil, Croácia, Eslováquia, Espanha, França, Inglaterra, Itália, México e Suíça.

Angola foi campeão igualmente em 2008 (África do Sul), 2014 (Brasil) e 2015 (Angola).

Enquanto isso, o antigo seleccionador nacional de futebol sénior masculino Lito Vidigal, de 48 anos, é o sucessor de Ricardo Soares no comando técnico do Desportivo das Aves da primeira liga portuguesa.

O Desportivo das Aves ocupa nesta altura o 16º lugar da I Liga, com seis pontos resultantes de uma vitória e três empates, contabilizando quatro derrotas.

Além da selecção nacional, Lito Vidigal orientou o Arouca, Maccabi Telavive, Elvas, Portossantense, Pontassolense, Ribeirão, Estrela da Amadora, Portimonense, União de Leiria, Belenenses (Portugal), Al Ittihad Tripoli (Tunísia) e AEL Limassol (Chipre).

No basquetebol, o destaque recai para o extremo-poste Eduardo Mingas, que reforçou o 1º de Agosto, para as próximas duas temporadas, como confirma o site do clube rubro-negro.

O experiente internacional angolano representou nas últimas quatro  temporadas o Recreativo do Libolo, tendo ainda passagens pelo Interclube e Petro de Luanda.